51 3066.3690 Horário de atendimento: De Seg a Sex das 8h30 às 18h, sem fechar ao meio dia (Exceto em feriados).

Produtos

Caixa do Agora - Presente

R$ 9,90
1 x de R$ 9,90 sem juros

Disponibilidade: Em Estoque.

Resenha

A "Eu Amo Papelão" acredita que o amor, a atenção e estar presente na vida dos filhos, podem ser uns dos melhores presentes que podemos dar para eles. Os pais são os modelos de identificação de seus filhos e, nossas crianças, aprendem muito "vendo" o comportamento dos pais e "ouvindo o que eles têm para dizer".

Sabemos como é difícil; estar cansado, com a cabeça cheia de preocupações e ainda assim, compartilharmos de um momento de leveza e brincadeira com quem mais amamos.

Quem imaginaria que viver um momento tão bom, pudesse ser tão difícil?

Foi em um desses dias que surgiu a "Caixa do Agora".

Sabe aquele dia em que você chega em casa depois de um dia inteiro no colégio, cansado, todo sujo, com fome e tudo o que você quer é sentar na frente da TV, jogar um jogo, comer e dormir?

Pois é, a gente sabe como isso é cansativo. Essa nossa rotina da escola pra casa e vice versa.

A mesma coisa acontece com nossos pais. A gente percebe que eles chegam preocupados, e mesmo assim, tentam de tudo para "estar" presentes em nossas vidas. Querem saber como foi nosso dia, os deveres que temos que fazer, como estamos nos sentindo. A gente tenta conversar, mas o whats não para de apitar; logo surge um novo desafio feito por outro jogador em algum jogo que estou curtindo no momento, meu facebook... e por aí vai.

Num desses dias de cansaço geral lá em casa, meu pai falava com a gente, mas não conseguíamos nos desligar de nossos celulares. Sei que do nada, ele pulou da cadeira, tirou o telefone de cada um (de todo mundo. Até o da mamãe e o dele) e colocou todos trancados dentro de uma gaveta na nossa cozinha.

Pensei em rir na hora, mas vi que a cara dele estava diferente. Ele estava sério, mas não era brabo. Era diferente, não sei explicar.

Nossa mãe olhava com uma cara estranha para ele, como se não tivesse entendendo, mas os dois são como o treinador e o técnico auxiliar de um time, estão sempre juntos.

Naquela noite a mamãe estava preparando uma pizza caseira, muito boa por sinal. Como estávamos todos ali, sem celular e sem ter muito o que fazer, logo começamos a ajudar na preparação do jantar.

Um arrumava a mesa, enquanto o outro fazia o suco, o outro trazia os ingredientes; cada um com uma função, mas todos conectados de uma maneira diferente que não era feita há muito tempo.

Assim que o jantar foi servido... todos na volta da mesa, rindo muito, conversando, contando sobre nosso dia, e quando nos demos conta, um jantar que normalmente dura uns 30 minutos, durou quase duas horas. Foi incrível!!

Logo depois do jantar, meu pai e meu irmão mais novo montaram um acampamento indígena na sala. Confesso que logo que vi aquilo, achei coisa de criança. Eu sou o mais velho e com 11 anos quero coisas diferentes. Mas ao ver eles brincando, correndo, e dando risadas, me rendi àquela brincadeira e confesso: foi a melhor noite da minha vida toda. A gente não se divertia assim há séculos.

A caixa do agora (foi assim que a gente chamou a gaveta) se tornou parte de nossas vidas. Hoje ela virou uma caixinha de papelão que meu pai e minha mãe levam sempre com eles por todos os lados que a gente vai. A gente viu que desta forma, estaremos sempre ligados àqueles momentos que mais importam para nós. O momento "agora" com nossos pais.


Esta caixinha  é um espaço de tempo, um parêntese em sua vida, para que você possa viver mais plenamente e intensamente seus momentos com as pessoas a sua volta.


Descrição: 
Material: Kraft 
Medidas: 19x10x4,5cm

VII CONCRIAD

de 22/11/2018 até 24/11/2018 - Salvador/BA

Ler mais Outros Eventos

51 3066.3690

Horário de atendimento:
De Seg a Sex das 8h30 às 18h,
sem fechar ao meio dia (Exceto em feriados).

copyright © 2015 Sinopsys Editora. Todos os direitos reservados Fradde Comunicação