Terapia de Aceitação e Compromisso: O Processo e a Prática da Mudança Consciente - Sinopsys Editora
51 3066.3690 Horário de atendimento: De Seg a Sex das 8h30 às 18h, sem fechar ao meio-dia (Exceto em feriados).
Produtos

0
Últimas unidades Terapia de Aceitação e Compromisso: O Processo e a Prática da Mudança Consciente

Terapia de Aceitação e Compromisso: O Processo e a Prática da Mudança Consciente

Steven C. Hayes, Kirk D. Strosahl, Kelly G. Wilson

R$ 115,00 3 x de R$ 38,33 sem juros

Disponibilidade: Em Estoque

SINOPSE

Segundo uma perspectiva da Terapia de Aceitação e Compromisso (ACT), o sofrimento humano emerge predominantemente de processos psicológicos normais, sobretudo aqueles que envolvem a linguagem humana.

A partir da ideia de que a inflexibilidade psicológica está na raiz de uma ampla gama de problemas clínicos, os autores, criadores da terapia de aceitação e compromisso (ACT), descrevem maneiras eficazes e inovadoras de cultivar a flexibilidade psicológica, descrita por meio de seis processos-chave: desfusão, aceitação, atenção ao momento presente, self-como-contexto, valores e ação de compromisso.

A PESPECTIVA DA TERAPIA DE ACEITAÇÃO E COMPROMISSO


A abordagem descrita neste livro é denominada terapia de aceitação e compromisso, ou ACT (do inglês acceptance and commitment therapy). O termo nos faz lembrar que essa abordagem encoraja o envolvimento ativo na vida. Segundo uma perspectiva da mesma, o sofrimento humano emerge predominantemente de processos psicológicos normais, sobretudo aqueles que envolvem a linguagem humana.

Ocorre sofrimento quando as pessoas acreditam tão fortemente nos conteúdos literais de sua mente que ficam fusionadas com suas cognições. Nesse estado de fusão, a pessoa não consegue distinguir entre consciência e narrativas cognitivas, já que cada pensamento e seus referentes estão fortemente ligados.

Outro processo-chave no ciclo do sofrimento é a esquiva experiencial. Ela é uma consequência imediata da fusão com instruções mentais que encorajam a supressão, o controle ou a eliminação de experiências cuja expectativa é a de que sejam estressantes.

Tanto a fusão cognitiva quanto a esquiva experiencial afetam significativamente quem pensamos que somos. O dano causado por ambos é igualmente destrutivo em relação ao nosso senso de direção na vida e ao nosso comportamento guiado por objetivos.

ACT: ACEITAR, ESCOLHER, AGIR


Na abordagem da Terapia de Aceitação e Compromisso, um objetivo de vida saudável não é tanto sentir-se bem, mas sentir bem. É psicologicamente saudável ter pensamentos e sentimentos desagradáveis, além dos prazerosos, e isso nos dá pleno acesso à riqueza de nossas histórias pessoais únicas. 

A alternativa construtiva à fusão é a desfusão, e a alternativa preferida à esquiva experiencial é a aceitação. Estes são os processos ensinados e estimulados na abordagem da ACT. À medida que essas competências são adquiridas, o próprio sentido da atenção se torna mais flexível, focado e volitivo, possibilitando que a pessoa veja melhor a si mesma e as outras pessoas como parte de um mundo interconectado.

UMA ADVERTÊNCIA

Em um nível mais profundo, os objetivos finais da ACT são abalar a hegemonia da linguagem humana e trazer nossos clientes e nós mesmos de volta a um contato mais abrangente com o conhecimento - incluindo intuição, inspiração e a simples consciência do mundo.

A Terapia de Aceitação e Compromisso não é simplesmente um método ou técnica. Ela é uma abordagem multidimensional de um modelo básico e aplicado e uma abordagem de desenvolvimento científico. Ela se aplica tanto aos clínicos quanto aos clientes.

SUMÁRIO


PARTE I - Fundamentos e o modelo


Capítulo 1. O dilema do sofrimento humano

Capítulo 2. Os fundamentos da ACT: adotando uma abordagem contextual funcional

Capítulo 3. Flexibilidade psicológica como um modelo unificado do funcionamento humano


PARTE II - Análise funcional e abordagem à intervenção


Capítulo 4. Formulação de caso: ouvindo com os ouvidos da ACT, vendo pelos olhos da ACT

Capítulo 5. A relação terapêutica na ACT

Capítulo 6. Criando um contexto para mudança: mente versus experiência


PARTE III - Processos clínicos centrais


Capítulo 7. Consciência do momento presente

Capítulo 8. Dimensões do self

Capítulo 9. Desfusão

Capítulo 10. Aceitação

Capítulo 11. Conexão com os valores

Capítulo 12. Ação de compromisso


PARTE IV - Construindo uma abordagem científica progressiva


Capítulo 13. Ciência comportamental contextual e o futuro da ACT


Referências
Índice

AUTORES


Steven C. Hayes, Kirk D. Strosahl, Kelly G. Wilson

INDICAÇÃO


Ideal para profissionais, professores e estudantes de Psicologia com foco na terapia cognitivo-comportamental.

DADOS TÉCNICOS


Formato: 17.5x25
Páginas: 336
ISBN: 9786581335281
Ano: 2021

_Veja também_

Saiba antes de promoções e lançamentos

8º Turma: Especialização em Avaliação Psicológica - Transmissão ao Vivo

de 26/01/2021 até 22/03/2022 - Online

Ler mais Outros Eventos

51 3066.3690

Horário de atendimento:
De Seg a Sex das 8h30 às 18h,
sem fechar ao meio dia (Exceto em feriados).

copyright © 2020 Sinopsys Editora. Todos os direitos reservados