Terapia Cognitiva de Beck - Sinopsys Editora
51 3066.3690 Horário de atendimento: De Seg a Sex das 8h30 às 18h, sem fechar ao meio-dia (Exceto em feriados).
Produtos

0
Produto sinopsys Terapia Cognitiva de Beck

Terapia Cognitiva de Beck

Frank Wills

R$ 79,00 2 x de R$ 39,50 sem juros

Disponibilidade: Em Estoque

SINOPSE

Esta obra explora as principais contribuições feitas por Aaron T. Beck para o desenvolvimento da terapia cognitivo-comportamental (TCC), apresentando um relato conciso do trabalho do autor no contexto de sua história pessoal e profissional.  

Frank Wills considera a teoria e a prática da terapia cognitiva de Beck e examina, em primeiro lugar, sua contribuição para a compreensão das psicopatologias e, em seguida, explora as sugestões de Beck sobre os melhores métodos de tratamento. Ao longo da obra, pontua-se em que difere o pensamento de Beck das outras abordagens da TCC, bem como apresenta um resumo das semelhanças e das diferenças entre seu método e outras formas de tratamento, incluindo a psicanálise e a terapia humanista.

CONHEÇA O SUMÁRIO


Parte I - Teoria:


Capítulo 1. A terapia cognitiva é organizada em torno de uma formulação.

Capítulo 2. Diferentes áreas problemáticas na terapia cognitiva são definidas por temas cognitivos específicos.

Capítulo 3. A terapia cognitiva varia de acordo com as áreas nas quais é aplicada.

Capítulo 4. O funcionamento cognitivo é organizado em torno da existência de esquemas profundos.

Capítulo 5. É útil compreender os fundamentos evolutivos dos problemas psicológicos.

Capítulo 6. Beck descreveu uma variedade de níveis e tipos de cognições.

Capítulo 7. As distorções cognitivas desempenham um papel fundamental nos problemas emocionais, mas não são necessariamente "irracionais".

Capítulo 8. As imagens também contêm elementos-chave das distorções cognitivas.

Capítulo 9. Cognição, emoção e comportamento interagem com influência mútua e recíproca entre si.

Capítulo 10. Comportamentos de segurança, como evitação, busca de reasseguramento e hipervigilância, desempenham papel fundamental na manutenção da ansiedade.

Capítulo 11. Estratégias que abordam o viés atencional negativo fortalecem o modelo da terapia cognitiva.

Capítulo 12. Metacognição — a maneira como as pessoas pensam a respeito do pensamento — também influencia a maneira como se sentem e se comportam.

Capítulo 13. Promover a atenção plena (mindfulness) e consciente dos pensamentos negativos provavelmente constituirá uma parte importante da terapia cognitiva no futuro.

Capítulo 14. A epistemologia beckiana tem um processo claro para o desenvolvimento de conhecimento terapêutico adequado para os terapeutas cognitivos.

Capítulo 15. O desenvolvimento de protocolos e a especificação de habilidades provaram ser fatores importantes na ligação entre a teoria e a prática da terapia cognitivo-comportamental.


Parte II - Prática:


Capítulo 16. Terapeutas cognitivos usam a formulação para focar o trabalho terapêutico.

Capítulo 17. Terapeutas cognitivos, como outros, usam a formulação para lidar com questões interpessoais e de aliança.

Capítulo 18. A terapia cognitiva requer uma relação terapêutica sólida.

Capítulo 19. Os terapeutas cognitivos enfatizam a importância da colaboração na relação terapêutica.

Capítulo 20. A terapia cognitiva é breve e limitada no tempo.

Capítulo 21. A terapia cognitiva é estruturada e diretiva.

Capítulo 22. A terapia cognitiva é orientada para problemas e objetivos.

Capítulo 23. A terapia cognitiva enfatiza inicialmente o foco no presente.

Capítulo 24. A terapia cognitiva utiliza um modelo educativo.

Capítulo 25. A tarefa de casa é uma característica central da terapia cognitiva.

Capítulo 26. Os terapeutas cognitivos ensinam os clientes a avaliar e a modificar seus pensamentos.

Capítulo 27. A terapia cognitiva utiliza vários métodos para alterar o conteúdo cognitivo.

Capítulo 28. A terapia cognitiva utiliza uma variedade de métodos para mudar os processos cognitivos.

Capítulo 29. A terapia cognitiva utiliza uma variedade de métodos para promover mudanças comportamentais.

Capítulo 30. Os terapeutas cognitivos desenvolveram a avaliação da competência do terapeuta.


Conclusão

Referências

Índice


DIFERENCIAIS DA OBRA


Este livro faz parte da série Características Distintivas, que convida os mais importantes clínicos e teóricos das principais terapias entre as terapias cognitivo-comportamentais a destacarem as características fundamentais e distintivas das abordagens que utilizam.

PÚBLICO-ALVO


Iniciantes na área, psiquiatras, psicólogos, assistentes sociais, psicoterapeutas e outros profissionais que desejam um guia sucinto.

CONHEÇA O AUTOR


Frank Wills é psicoterapeuta cognitivo independente, orientador e docente da Universidade de Bristol, e preceptor da Universidade de Wales, Newport.

DADOS TÉCNICOS


Páginas: 176
Formato: 14x21 cm
Ano: 2021
ISBN: 978-65-5571-036-6
Acabamento: capa dura

_Veja também_

Saiba antes de promoções e lançamentos

8º Turma: Especialização em Avaliação Psicológica - Transmissão ao Vivo

de 26/01/2021 até 22/03/2022 - Online

Ler mais Outros Eventos

51 3066.3690

Horário de atendimento:
De Seg a Sex das 8h30 às 18h,
sem fechar ao meio dia (Exceto em feriados).

copyright © 2020 Sinopsys Editora. Todos os direitos reservados