Fundamentos de Supervisão em Psicologia - Sinopsys Editora
51 3600.6699 Atendimento personalizado disponível de segunda a sexta das 8h às 23h59 e aos sábados das 8h às 18h.(exceto feriados)
Olá, Faça seu login

Informe seu e-mail para que uma nova senha seja enviada

Voltar
0
Carrinho
Produtos

0
Produto sinopsys Fundamentos de Supervisão em Psicologia

Fundamentos de Supervisão em Psicologia

Gabriela Stilita

R$ 85,00 2 x de R$ 42,50 sem juros

Disponibilidade: Em Estoque

SINOPSE

Supervisão em psicologia é uma atividade que não temos muito o costume de conceitualizar, uma vez que o termo é quase autoexplicativo e que, de uma forma ou de outra, todos sabem do que se trata. Apesar de todo profissional formado já ter passado pela experiência de ser supervisionado, existindo, portanto, um conhecimento vivencial e empírico, a realidade dentro do contexto profissional não é tão simples assim.

É possível encontrar diversos conceitos e modelos de supervisão em psicologia, sendo que a primeira e mais básica distinção entre eles é que a supervisão pode ser administrativa (também chamada de gerencial) ou profissional / clínica.

A supervisão clínica, que é a abordada na obra, deve ser um processo em que a pessoa supervisionada se sinta acolhida, segura e compreendida, apesar de ao mesmo tempo desafiada. Trata-se de uma relação complexa e que não deve ser confundida com terapia pessoal ou, ainda, com reunião administrativa. Ela é regular e acontece em um ambiente protegido, com foco na aprendizagem e na autoavaliação, devendo ocorrer durante toda a carreira de um profissional da área de saúde.

Os principais conceitos de Supervisão são o de Falender e Shafranske (2004), que a definem como sendo uma atividade profissional distinta na qual educação, treinamento e desenvolvimento de práticas baseadas na ciência são facilitadas através de um processo interpessoal colaborativo, e o conceito de Bernard e Goodyear (2009), que a definem como intervenção na qual um membro mais experiente supervisiona o trabalho de um membro júnior, menos experiente de uma mesma profissão. Apesar de ser a mais conhecida, a supervisão definida por Bernard e Goodyear (2009) é criticada pela ênfase no nível hierárquico do processo e por restringi-lo a membros de uma mesma profissão.


LEIA GRATUITAMENTE O PRIMEIRO CAPÍTULO


Com o título Modelos de supervisão, a autora apresenta um levantamento das principais teorias acerca de supervisão e traz algumas críticas às teorias para que possamos compreender melhor não só o processo histórico desses trabalhos, mas também as pesquisas que se originaram desses arcabouços teóricos.

Supervisão em Psicologia

Todos os profissionais graduados passaram por estágios profissionalizantes durante suas trajetórias acadêmicas e, portanto, possuem experiência enquanto supervisionando. De acordo com Borders e Brown (1987), todo profissional de psicologia tem conhecimentos e experiências que são essenciais para supervisão, mas que devem ser utilizados de forma diferente da qual estamos acostumados.

É exatamente pela presença dessa complexidade na relação, pela sua estrutura, pelos seus objetivos e pelas relações éticas envolvidas que a supervisão está sendo cada vez mais reconhecida como uma prática profissional única e que merece treinamento próprio. É preciso aprender a pensar como um supervisor, que tem dupla responsabilidade: a responsabilidade com o treinamento e aprendizagem do supervisionando, mas também a responsabilidade com o bem-estar do cliente e do público. Por isso, o treinamento em supervisão deve ser específico, bem elaborado e pautado em um bom material escrito.

Esta é uma obra que vem preencher uma lacuna na literatura brasileira em psicologia. Ao abordar desde fundamentos teóricos até ferramentas de uso prático, discute os mais variados aspectos da atividade, incluindo as diferenças na atividade de supervisão ao redor do mundo. Com uma linguagem clara e acessível, a autora explica os fundamentos teóricos que embasam a atividade de supervisão, fornecendo ao mesmo tempo exemplos de sua própria experiência enquanto supervisora, tornando a obra mais próxima da realidade e do leitor.


CONHEÇA O SUMÁRIO


Apresentação.

Introdução.


Capítulo 1. Modelos de Supervisão.

Capítulo 2. A Supervisão pelo Mundo.

Capítulo 3. Competências em Supervisão.

Capítulo 4. Avaliação no Contexto de Supervisão.

Capítulo 5. Questões Éticas em Supervisão.

Capítulo 6. Supervisão na Prática.

Capítulo 7. Caixa de Ferramentas.


Referências Bibliográficas.


DIFERENCIAIS DA OBRA


Esta é uma obra inédita no país. Não existe material impresso em português que discorra sobre supervisão em psicologia sem que esteja atrelado a abordagens psicológicas. Este livro compila os conceitos básicos envolvidos no processo de supervisão, conceitos estes estudados em cursos de supervisão em outros países, como na Austrália.

CONHEÇA A AUTORA


Gabriela Stilita.
Psicóloga. Supervisora clínica. Especialista em Cuidados Paliativos pela Universidade de Santa Cecília, em Terapia Cognitiva pelo Instituto Catarinense de Terapia Cognitiva (ICTC) e em Humanitarian Health pela Deakin University. Mestranda em Saúde Pública pela University of Queensland.

DADOS TÉCNICOS


ISBN: 978-65-5571-043-4
Formato: 16 x 23 cm | 160 páginas | peso: 410g.
Acabamento: Capa dura
Ano: 2021

_Veja também_

Saiba antes de promoções e lançamentos



Curso de Formação em Terapia do Esquema

de 28/01/2022 até 28/01/2023 - On-line e ao vivo no ZOOM.

Ler mais Outros Eventos

Atendimento personalizado disponível de segunda a sexta das 8h às 23h59 e aos sábados das 8h às 18h.(exceto feriados)

Item adicionado ao seu carrinho, o que deseja fazer agora?
copyright © 2020 Sinopsys Editora. Todos os direitos reservados