Relação Familiar: Cards para pensar e conversar sobre a nossa família. - Sinopsys Editora
0
Relação Familiar: Cards para pensar e conversar sobre a nossa família.

Relação Familiar: Cards para pensar e conversar sobre a nossa família.

Bruno Luiz Avelino Cardoso, Isabela Pizzarro Rebessi

R$ 40,00  no PIX
2 x de R$ 25,00 sem juros

Disponibilidade: Em Estoque

SINOPSE

Cada família tem uma história, uma configuração e formas de se relacionar que são únicas. Pensando nisso, este recurso conta com perguntas que auxiliam na compreensão das relações familiares, no diálogo e no cuidado às famílias.


Este RICARD`S dispõe de material de apoio em anexos digitais.



PÚBLICO-ALVO


A partir de 7 anos, em contexto clínico.


DIFERENCIAIS DA OBRA


Além da abrangência das perguntas e das diferentes possibilidades de intervenção e diálogo que elas proporcionam, o material abarca diferentes pontos das relações da família e pode ser amplamente utilizado por diferentes membros e configurações familiares. Recursos como estes ainda são escassos na prática psicológica com famílias e este material visa contribuir para suprir esta lacuna.


CONHEÇA OS AUTORES


Bruno Luiz Avelino Cardoso

Psicólogo. Terapeuta cognitivo certificado pela Federação Brasileira de Terapias Cognitivas (FBTC) e delegado da FBTC no Maranhão. Possui formação em Ensino e Supervisão de Terapia Cognitivo-Comportamental e em Terapia Cognitivo-Comportamental para Casais pelo Beck Institute (Philadelphia, USA). Doutorando em Psicologia (comportamento social e processos cognitivos) pela Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) com período sanduíche na The Pennsylvania State University e com apoio da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp). Mestre em Psicologia (processos clínicos e da saúde) pela Universidade Federal do Maranhão (UFMA), com estágio de pesquisa sobre violência e habilidades sociais na UFSCar. Especialista em Terapia Cognitivo-Comportamental pelo Instituto WP e Especializando em Sexualidade Humana pelo Child Behavior Institute (CBI of Miami). É sócio fundador do Instituto de Teoria e Pesquisa em Psicoterapia Cognitivo-Comportamental (ITPC). Membro do grupo de pesquisa Relações Interpessoais e Habilidades Sociais (RIHS) da UFSCar, do grupo de trabalho Relações Interpessoais e Competência Social, da Associação Nacional de Pesquisa e Pós-graduação em Psicologia (ANPEPP), e do Grupo de Estudos em Prevenção e Promoção da Saúde no Ciclo de Vida (GEPPSVida) da Universidade de Brasília (UnB). Supervisor da prática clínica em Terapia Cognitivo-Comportamental e professor convidado de cursos de especialização em terapias cognitivo-comportamentais. Autor do Baralho das habilidades sociais conjugais (Sinopsys, 2018) e organizador dos livros: Terapias Cognitivo-Comportamentais: analisando teoria e prática por meio de filmes (Sinopsys, 2018), Terapia do esquema para casais: base teórica e intervenção (Artmed, 2019) e Terapias Cognitivo-Comportamentais para casais e famílias: bases teóricas, pesquisas e intervenções (Sinopsys, 2020).


Isabela Pizzarro Rebessi

Psicóloga. Mestranda em Psicologia do Desenvolvimento e da Saúde pela Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo (FFCLRP-USP) com estágio de pesquisa no St. Joe’s HealthCare Hospital em Hamilton, Canadá. Especializanda em Terapia Cognitivo Comportamental pelo Centro de Estudos em Terapia Cognitivo-Comportamental (CETCC). Possui Formação em Terapia do Esquema pelo Laboratório de Pesquisa e Intervenção Cognitivo Comportamental (LaPICC-USP). Membro integrante do Laboratório de Pesquisa e Intervenção Cognitivo Comportamental (LaPICC-USP).


DADOS TÉCNICOS


ISBN: 9786599246838

Formato: 7x10x3 cm | 100 cartas | Peso: 160g.

Ano: 2022

Veja também

Receba promoções
e lançamentos

Este site usa cookies

Nós armazenamos dados temporariamente para melhorar a sua experiência de navegação e recomendar conteúdo de seu interesse.
Ao utilizar nossos serviços, você concorda com nossos termos e condições.
     
Item adicionado ao seu carrinho, o que deseja fazer agora?