Sinopsys Editora
51 3066.3690 Horário de atendimento: De Seg a Sex das 8h30 às 18h, sem fechar ao meio dia (Exceto em feriados).

Produtos

2 de abril: Dia Mundial de Conscientização do Autismo

02 de Abril de 2019

Começamos abril em um movimento muito importante de conscientização. Hoje, 2 de abril, celebramos o Dia Mundial de Conscientização do Autismo. Em 2007, esta data foi instituída para difundir informações sobre o autismo, buscando reduzir a discriminação e o preconceito que cercam as pessoas afetadas por esta síndrome neuropsiquiátrica.


Você sabia que o primeiro profissional da saúde a usar o termo "autista" foi o psiquiatra Eugen Bleuler? Ele cunhou o termo na década de 1910, ao descrever, em um estudo publicado em revista científica, uma série de características específicas em pacientes com esquizofrenia.
 
Nos dias atuais, o Transtorno do Espectro Autista (TEA) é "um distúrbio de neurodesenvolvimento de alta complexidade e diversidade de manifestações clínicas - cognitivas, emocionais e neurocomportamentais. As características que orientam o diagnóstico do TEA são bem definidas; entretanto, não existe um biomarcador para isso. 

Dessa forma, o diagnóstico é feito a partir de "um conjunto de informações clínicas sobre o desenvolvimento e crescimento do paciente". (Marchezan, Grokoski e Riesgo, 2018, p. 76)


Em capítulo publicado no livro Transtornos psicopatológicos na infância e adolescência (2018, p.80), Marchezan, Grokoski e Riesgo explicam que

"O DSM-5 define o TEA por duas categorias de critérios principais, uma com três critérios de comunicação social (critério A) e outra com quatro critérios de comportamentos restritos e repetitivos (critério B)."

São critérios diagnósticos do autismo, segundo o DSM-5:

a. déficits persistentes na comunicação social e na interação social em múltiplos contextos manifestados no momento ou em história prévia, incluindo déficits (1) na reciprocidade socioemocional, (2) nos comportamentos comunicativos não verbais e (3) para desenvolver, manter e compreender relacionamentos;

b. padrões restritos e repetitivos de comportamento, interesses ou atividades, incluindo pelo menos dois dos citados: (1) movimentos motores, uso de objetos ou fala estereotipados ou repetitivos; (2) insistência nas mesmas coisas, adesão inflexível a rotinas ou padrões ritualizados de comportamento verbal/não verbal; (3) interesses fixos e altamente restritos que sejam anormais em intensidade e foco; (4) hiper ou hiporeatividade a estímulos sensoriais ou interesse incomum por aspectos sensoriais do ambiente.


Temos novidade!


Disponibilizamos em nosso site o Combo Conscientização do Autismo: são quatro livros infantis que apoiam profissionais e pais durante o acompanhamento psicoterápico de crianças com TEA.

Outras do Blog

Tags

autismo, conscientização, Psicologia, TEA, TCC

Mais

Vistos

Saiba antes de promoções e lançamentos

Curso de Mindfulness para Regulação Emocional e Qualidade de Vida

de 05/09/2019 até 24/10/2019 - CEFI - Porto Alegre/RS

Ler mais Outros Eventos

51 3066.3690

Horário de atendimento:
De Seg a Sex das 8h30 às 18h,
sem fechar ao meio dia (Exceto em feriados).

copyright © 2019 Sinopsys Editora. Todos os direitos reservados Fradde Comunicação