Desejar ser do outro gênero: links para sintomas de TDAH e do espectro autista. - Sinopsys Editora

0

Desejar ser do outro gênero: links para sintomas de TDAH e do espectro autista.

02 de Maio de 2014

Crianças e adolescentes com transtorno do espectro autista ou problemas de déficit de atenção e hiperatividade (TDAH) são muito mais propensos a querer ser de outro gênero. É o que diz John Strang, do Centro Médico Nacional Infantil de Washington, DC, EUA, líder do primeiro estudo a comparar a ocorrência de tais questões de identidade de gênero entre crianças e adolescentes com e sem perturbações de desenvolvimento neurológico específicas. O estudo foi publicado no jornal Springer: Archives of Sexual Behavior.

Crianças entre 6 e 18 anos fizeram parte do estudo. O desejo de ser do outro sexo, conhecido como variação de gênero, foi avaliado com o Child Behavior Checklist (CBCL), um dos inventários de relatórios comportamentais mais comumente utilizados para crianças e adolescentes. Os participantes da pesquisa ou apresentavam algum grau de autismo e TDAH, ou algum tipo de transtorno neurológico, como epilepsia e neurofibromatose.

Comparando com o grupo controle, variação de gênero foi 7,59 vezes mais comum nos participantes com autismo. Constatou-se também que foi 6,64 vezes mais frequente em participantes com TDAH.

Os participantes que desejavam ser de outro sexo tinham elevados índices de ansiedade e depressão. No entanto, estes foram menores entre os participantes com transtornos do espectro do autismo. Isto se deve, possivelmente, devido ao seu raciocínio social prejudicado, o que os torna inconscientes das pressões sociais contra a não conformidade de gênero.

"No TDAH, as dificuldades que inibem os impulsos são centrais para o transtorno e podem resultar em dificuldade de manter os impulsos de gênero `em segredo’, apesar de pressões internas e externas contra a expressão com o sexo oposto", diz Strang. Ele sugere que a coincidência de variação de gênero com TDAH e autismo pode estar relacionada com os sintomas subjacentes a estes transtornos do desenvolvimento neurológico.

Strang continuou: "Crianças e adolescentes com transtornos do espectro autista podem estar menos cientes das restrições sociais contra expressões de variação de gênero e, portanto, ter menor propensão a evitar expressar essas inclinações".

FONTE: Springer Science+Business Media. (2014, March 12). Wishing to be another gender: Links to ADHD, autism spectrum disorders. Science Daily. Retrieved March 17, 2014 from www.sciencedaily.com/releases/2014/03/140312103102.htm

Outras do Blog

Tags

Sexualidade, Gênero, Sintomas do TDAH, Transtornos, Déficit de atenção

Mais

Vistos

Saiba antes

de promoções

e lançamentos



Cursos

e Eventos

Minicurso Introdução à terapia do esquema

de 16/02/2024 até 24/02/2024 - Rua João de Almeida, 735 - Estoril, BH - MG

Ler mais Outros Eventos

Atendimento personalizado disponível de segunda a sábado das 8h às 18h(exceto feriados).

Este site usa cookies

Nós armazenamos dados temporariamente para melhorar a sua experiência de navegação e recomendar conteúdo de seu interesse.
Ao utilizar nossos serviços, você concorda com nossos termos e condições.
     
Item adicionado ao seu carrinho, o que deseja fazer agora?
Sinopsys Editora e Sistemas Eireli CNPJ: 10.740.484/0001-69