Estudo demonstra que o filho pode ter mais resistência a cocaína que os pais. - Sinopsys Editora
0

Estudo demonstra que o filho pode ter mais resistência a cocaína que os pais.

19 de Dezembro de 2012

A pesquisa realizada por pesquisadores da universidade da Pensilvânia e do Hospital Geral de Massachusetts, EUA, foi publicada na revista "Nature Neuroscience". O projeto demonstrou que filhos do sexo masculino, de pais viciados em cocaína, têm maior resistência que seus pais. A pesquisa foi realizada com ratos.

Para a pesquisa os ratos tiveram acesso e auto administraram o consumo de cocaína durante 60 dias até atingirem a maturidade sexual. Os filhotes machos, de pais
viciados, apresentaram resistência significativa a droga, já as fêmeas não. Com estes resultados os pesquisadores descobriram que há um aumento da expressão do gene BNDF, que é o responsável por controlar o comportamento do vicio.

Estes resultados contradizem dados médicos em humanos, que afirmavam que o abuso de substância pelos pais provocaria uma predisposição nos filhos. Os pesquisadores afirmaram que os resultados ainda são preliminares, portanto devem ser lidos com cuidado.

FONTE: http://g1.globo.com/ciencia-e-saude/noticia/2012/12/estudo-sugere-que-filho-pode-resistir-mais-ao-vicio-de-cocaina-que-os-pais.html

Outras do Blog

Tags

Filho, Resistência, Cocaína, Pais, Gene BNDF, Terapia Cognitivo-Comportamental

Mais

Vistos

Receba promoções
e lançamentos

Este site usa cookies

Nós armazenamos dados temporariamente para melhorar a sua experiência de navegação e recomendar conteúdo de seu interesse.
Ao utilizar nossos serviços, você concorda com nossos termos e condições.
     
Item adicionado ao seu carrinho, o que deseja fazer agora?