Sinopsys Editora - O que você sabe sobre distorções cognitivas?
51 3066.3690 Horário de atendimento: De Seg a Sex das 8h30 às 18h, sem fechar ao meio dia (Exceto em feriados).

Produtos

O que você sabe sobre distorções cognitivas?

25 de Janeiro de 2019

por Miriam Rodrigues*

Você com certeza já ouviu falar sobre as distorções cognitivas. O que você acha de aprender um pouco mais sobre o assunto? A distorção cognitiva nada mais é do que nossos pensamentos errados, pensamentos que geram sentimentos que geram comportamentos. Lembrando que sempre nos comportamos de acordo com o que estamos sentindo. Essas distorções geralmente nos criam problemas ou pioram os que já temos. Dificultando a tarefa de encontrarmos soluções e induzindo-nos a erros de interpretação das nossas experiências e dos julgamentos dos outros.

Todos nós apresentamos distorções cognitivas em alguma fase da vida, em maiores ou menores proporções, o importante é saber detectá-las e analisá-las, mantendo a mente clara e assim tomar atitudes condizentes com a realidade.


Confira alguns exemplos de distorções cognitivas recorrentes:


Pensamento dicotômico

É o famoso pensamento "tudo ou nada" a pessoa vê uma situação em apenas duas categorias, sem opções de alternativas. Esse tipo de pensamento tendem a contribuir para episódios depressivos.

- Se eu não conseguir esse emprego estarei acabado.


Catastrofização

São aqueles sentimentos de o que o pior pode acontecer, levando a pessoa a imaginar consequências terríveis. Esses sentimentos levam a pessoa a desenvolver a ansiedade.

- Não recebo notícias do meu filho, deve estar morto.

- Não irie naquela festa, vou ficar sozinha e ser ignorada.
 

Minimização do positivo

É o tão conhecido "sim, mas…"

- Ganhei um aumento, mas…poderia ter ganho uma promoção.


Leitura mental

É uma das distorções mais comuns, presumimos que sabemos o que o outro está pensando, geralmente temos certeza! E acreditamos também que o outro tem a obrigação de saber o que nós estamos pensando.

-Ele sabia que eu não iria gostar disso, fez para me provocar!


Esses são alguns exemplos mais comuns que podemos observar no dia a dia das pessoas que nos cercam, é importante saber identificar a situação, procurando evidencias reais que comprovem que aquele pensamento condiz ou não com a realidade


* Miriam Rodrigues é psicóloga, especialista em Psicologia Clínica e em Medicina Comportamental pela Universidade Federal de São Paulo. Psicóloga Escolar na Wish School. Ministra cursos de Educação Emocional Positiva e habilidades socioemocionais para o bem-estar em escolas públicas e particulares em todo o país.

Outras do Blog

Tags

TCC, distorção cognitiva, Miriam Rodrigues

Mais

Vistos

Saiba antes de promoções e lançamentos

TRI em São Paulo

de 28/06/2019 até 29/06/2019 - São Paulo/SP

Ler mais Outros Eventos

51 3066.3690

Horário de atendimento:
De Seg a Sex das 8h30 às 18h,
sem fechar ao meio dia (Exceto em feriados).

copyright © 2015 Sinopsys Editora. Todos os direitos reservados Fradde Comunicação