Perdoar protege mulheres de depressão, mas não os homens. - Sinopsys Editora

0

Perdoar protege mulheres de depressão, mas não os homens

08 de Janeiro de 2016

O perdão é um processo complexo, muitas vezes repleto de dificuldades e angústia. Agora, pesquisadores da Escola de Ciências Ambientais e Humanas da Universidade de Missouri, nos EUA, estudaram como diferentes facetas de perdão afetam ou provocam sentimentos de depressão nos adultos. Os pesquisadores descobriram que mulheres mais velhas que disseram ter perdoado outros eram menos propensas a relatar sintomas depressivos independentemente de se sentiram perdoadas pelos outros. Os homens mais velhos, no entanto, relataram os mais altos níveis de depressão tanto quando perdoaram quanto quando sentiram-se perdoados pelos outros. Os investigadores dizem que seus resultados podem ajudar os psicoterapeutas de adultos mais velhos a desenvolver intervenções apropriadas ao gênero a partir da forma como homens e mulheres processam o perdão.

"As pessoas não se sentem bem quando percebem que as outras não as perdoaram por algo", disse Christine Proulx, coautora do estudo e professora associada no Departamento de Desenvolvimento Humano e Ciência da Família. "Quando pensamos sobre o perdão e características das pessoas que estão perdoando - altruístas, compassivas, empáticas -, essas pessoas perdoam os outros e parecem compensar o fato de que os outros não as estão perdoando. Parece superioridade moral, mas não é. Nestes casos, as pessoas são mais propensas a perdoar os outros, o que parece ajudar a diminuir os níveis de depressão, particularmente para as mulheres."

Proulx e a principal autora, Ashley Ermer, estudante de doutorado no Departamento de Desenvolvimento Humano e Ciência da Família, analisaram dados da Religion, Aging and Health Survey, pesquisa nacional de mais de 1.000 adultos com idades a partir de 67 anos. Os participantes da pesquisa responderam a perguntas sobre sua religião, saúde e bem-estar psicológico.

Proulx e Ashley disseram que estudaram o perdão entre uma população mais velha por causa da tendência entre os indivíduos mais velhos de refletir mais sobre suas vidas, especialmente suas relações e transgressões. "Conforme as pessoas envelhecem, tornam-se mais indulgentes", disse Ashley. "Nossa população também foi predominantemente cristã, o que pode influenciar a disposição dos indivíduos para perdoar e pode funcionar de forma diferente entre os indivíduos com crenças diferentes."

Os pesquisadores descobriram que homens e mulheres que não se sentem perdoados pelos outros podem de alguma forma se proteger da depressão sendo capazes de perdoar a si mesmos. No entanto, os pesquisadores disseram que ficaram surpresos ao descobrir que perdoar a si mesmo não reduziu mais significativamente os níveis de depressão para indivíduos que já estavam em episódios depressivos.

FONTE: Universidade de Missouri-Columbia. (2015, 01 de setembro). Forgiving others protects women from depression, but not men: Results may help counselors develop gender-appropriate interventions. Science Daily. Acessado 2 de setembro de 2015 a partir de www.sciencedaily.com/releases/ 2015/09/150901135117.htm

Outras do Blog

Tags

Depressão, Sintomas depressivo, Perdão, Terapia cognitivo-comportamental

Mais

Vistos

Saiba antes

de promoções

e lançamentos



Cursos

e Eventos

Evento Sergipano sobre TDAH

de 24/02/2024 até 24/02/2024 - Hotel Arcus - Aracaju

Ler mais Outros Eventos

Atendimento personalizado disponível de segunda a sábado das 8h às 18h(exceto feriados).

Este site usa cookies

Nós armazenamos dados temporariamente para melhorar a sua experiência de navegação e recomendar conteúdo de seu interesse.
Ao utilizar nossos serviços, você concorda com nossos termos e condições.
     
Item adicionado ao seu carrinho, o que deseja fazer agora?
Sinopsys Editora e Sistemas Eireli CNPJ: 10.740.484/0001-69