Repensando o efeito rebote nos relacionamentos: os efeitos inesperados da rejeição - Sinopsys Editora

0

Repensando o efeito rebote nos relacionamentos: os efeitos inesperados da rejeição

02 de Junho de 2015

Isto é retratado em filmes de novo e de novo - uma personagem é rejeitada por alguém atraente e depois cai de boa vontade nos braços de alguém, talvez, menos atraente. De acordo com um novo estudo, não é tão simples: a rejeição por um homem atraente, na verdade, levou as mulheres a distanciarem-se socialmente de um homem pouco atraente, mesmo quando ele ofereceu aceitação.
Geoff MacDonald, da Universidade de Toronto e principal autor do novo estudo em Social Psychological and Personality Science, estuda a exclusão social, uma área de pesquisa que tem, de modo geral, assumido que a aceitação é a meta após rejeição. O novo estudo é destacado da seguinte forma: "O que as pessoas querem não é aceitação imediata em si, mas uma sensação de segurança de que se é aceitável para os tipos de pessoas aos quais queremos estar conectados", diz MacDonald. 
O novo estudo procurou replicar cenários do mundo real do namoro no laboratório. Os pesquisadores disseram a mulheres heterossexuais que elas teriam a oportunidade de conhecer dois participantes do sexo masculino após avaliar perfis desses homens para namoro. As mulheres primeiro escreveram perfis sobre si mesmas e, em seguida, viram os perfis dos homens, juntamente com fotos, um dos quais era mais atraente do que o outro.
"As mulheres, pensando que os homens haviam lido seus perfis, então receberam feedback sobre se os homens gostariam de encontrá-las", MacDonald explica. "Nós distribuímos aleatoriamente às mulheres tanto a aceitação quanto a rejeição por parte do homem atraente, assim como aceitação ou rejeição do homem não atraente." As mulheres, então, indicavam se queriam encontrar cada homem e o avaliavam.
Os pesquisadores escolheram usar atratividade como medida de valor social, com base em um grande volume de literatura apoiando a ideia de que em um contexto de formação de relacionamento a atração é um atributo muito valorizado. "Por exemplo, em um estudo speed dating", MacDonald disse, "independentemente de que velocidade as pessoas procuram parceiros, um dos preditores mais fortes de concretização foi de atratividade física". 
Os pesquisadores descobriram que não só as mulheres que foram rejeitadas negam posteriormente aqueles homens, mas que elas também rejeitaram os homens pouco atraentes, mesmo se eles ofereceram aceitação. Uma possível razão para este efeito, diz MacDonald, é que "sendo ligadas a um homem não atraente, aquelas mulheres ficariam com a sensação de que aquele é o tipo de homem que `merecem’, e isso colocaria seus objetivos sociais mais amplos em risco".
O trabalho é importante e lança luz sobre situações que podem causar comportamento antissocial. Alguns estudos, por exemplo, têm demonstrado que a rejeição pode levar à agressão. "Às vezes minar a aceitação imediata pode ser exatamente a meta quando essa aceitação vem de alguém que você não quer ser identificado com", diz MacDonald.

FONTE: SAGE Publications. (2015, 12 de maio). Rethinking the rebound: Unexpected effects of rejection. ScienceDaily . Acessado 18 de maio de 2015 a partir de www.sciencedaily.com/releases/2015/05/150512112449.htm

Outras do Blog

Tags

Terapia cognitivo-comportamental, Relacionamentos, Rejeição, Namoro, Terapia Cognitivo-Comportamental

Mais

Vistos

Saiba antes

de promoções

e lançamentos



Cursos

e Eventos

Minicurso Introdução à terapia do esquema

de 16/02/2024 até 24/02/2024 - Rua João de Almeida, 735 - Estoril, BH - MG

Ler mais Outros Eventos

Atendimento personalizado disponível de segunda a sábado das 8h às 18h(exceto feriados).

Este site usa cookies

Nós armazenamos dados temporariamente para melhorar a sua experiência de navegação e recomendar conteúdo de seu interesse.
Ao utilizar nossos serviços, você concorda com nossos termos e condições.
     
Item adicionado ao seu carrinho, o que deseja fazer agora?
Sinopsys Editora e Sistemas Eireli CNPJ: 10.740.484/0001-69