Sinopsys Editora - Transformando sonhos em pedras e pedras em sonhos
51 3066.3690 Horário de atendimento: De Seg a Sex das 8h30 às 18h, sem fechar ao meio dia (Exceto em feriados).

Produtos

Transformando sonhos em pedras e pedras em sonhos

25 de Abril de 2018

Trabalhar com dependência química, para mim, é um trabalho muito especial, que faz com que eu sempre esteja repensando quais são as necessidades dos meus pacientes e como poderei cumprir a minha missão de ajudá-los a serem felizes, pois é este o meu objetivo maior, independente dele desejarem (ou não) ficar em abstinência.           

Um dia, após cantar "Parabéns a você" para um dos pacientes que estava internado  para tratar-se da dependência de crack, observei que outro paciente se afastou, discretamente, e sentou-se no chão em um lugar isolado. Passei por ele e vi que algumas lágrimas tímidas escorriam pelos seus olhos. Perguntei, então, educadamente, se poderia sentar-me ao seu lado e, com o seu consentimento, "acomodei-me" tentando fingir estar à vontade naquele "lugar" tão incômodo. 

Logo ele me explicou o que estava acontecendo: lembrou-se de suas filhas e de uma promessa que havia feito no aniversário de uma delas. Ela sonhava ter certa boneca elegante, de nome estrangeiro e que usava acessórios chiques. Ela tinha muita esperança em realizar seu sonho, pois achava que seria simples, para o seu pai, lhe dar esse presente que, "afinal de contas, nem era tão caro assim e até a vizinha da frente já havia ganho..." Bem, é claro que a história não teve um final feliz... O pai, com seu trabalho, conseguiu, de fato, juntar o dinheiro, mas, aos 45 minutos do segundo tempo, trocou a pequena boneca por 8 pedras de crack. Por isso - ele me explicou - agora, estava chorando.

Perguntei, um tanto curiosa, que tipo de sacrifício ele seria capaz de fazer para que sua menina realizasse seu sonho  e, não me surpreendi em nada, quando ele disse, cabisbaixo, que poderia fazer qualquer coisa que estivesse ao seu alcance, pois este, agora, também era o seu próprio sonho.

Foi, nesse momento, que lembrei de todos os pacientes dependentes químicos que já atendi, ou melhor, lembrei do sorriso que eu vi no rosto de cada um deles quando eu disse que seriam capazes de lutar e vencer a luta que quisessem, desde que decidissem, de verdade, e que aquela luta  fosse de acordo com seus valores mais profundos. Em outras palavras, acredito que todos eles são capazes de lutar por seus sonhos, mesmo aqueles que ainda não tenham conseguido, por qualquer motivo que fosse. Penso que um dependente químico que não abandonou seus filhos, guardando, em um lugar protegido, o seu amor de pai, apesar de todos os empecilhos trazidos pelas drogas, é sempre um super-pai.

Refleti um pouco a respeito dos tempos atuais e concluí, que para este homem corajoso, representante de tantos pais - mas com uma vida inteira repleta de "pedras no caminho"- não seria tão impossível assim (como ele achava) fazer a mágica de transformar pedras (e perdas) em sonhos realizados. Ao dizer isto a ele, pude ver, de novo, iluminando o seu rosto, "aquele sorriso", e o meu sorriso, em forma de poesia, pode ser cúmplice daquele instante único de alegria e fé... 



Renata Brasil Araujo: 

Psicóloga formada pela PUCRS (1993), onde também cursou o Mestrado em Psicologia Clínica (2002) e o Doutorado em Psicologia (2005).

Atualmente, é psicóloga e coordenadora e supervisora dos Programas de Dependência Química e de Terapia Cognitivo-Comportamental do Hospital Psiquiátrico São Pedro, e é Vice-Presidente da Associação Brasileira de Estudos do Álcool e Outras Drogas (ABEAD) - 2017/2019. 

Tem Formação em Terapia dos Esquemas (NEAPC-ISST) e experiência na área de Psicologia, com ênfase em Dependência Química e Terapia Cognitivo-Comportamental, atuando principalmente em Dependência Química, Craving, Terapia Cognitivo-Comportamental.
Outras do Blog

Tags

relato, experiência, dependência química, Renata Brasil Araújo, psicologia, TCC

Mais

Vistos

Saiba antes de promoções e lançamentos

XII Congresso Brasileiro da Sociedade de Psicologia Hospitalar

de 05/08/2019 até 07/08/2019 - Fiesta Bahia Hotel Salvador

Ler mais Outros Eventos

51 3066.3690

Horário de atendimento:
De Seg a Sex das 8h30 às 18h,
sem fechar ao meio dia (Exceto em feriados).

copyright © 2015 Sinopsys Editora. Todos os direitos reservados Fradde Comunicação