Transtornos de Aprendizagem na vida adulta: conheça a prevalência. - Sinopsys Editora
51 3066.3690 Horário de atendimento: De Seg a Sex das 8h30 às 18h, sem fechar ao meio-dia (Exceto em feriados).
Produtos

0
Transtornos de Aprendizagem na vida adulta: conheça a prevalência

Transtornos de Aprendizagem na vida adulta: conheça a prevalência

09 de Setembro de 2021


Os Transtornos de Aprendizagem na vida adulta têm uma prevalência de 4% conforme dados da Associação Americana de Psiquiatria. Engana-se, portanto, quem pensa que tais problemas afetam somente crianças.

Trata-se de distúrbios do neurodesenvolvimento que podem ser definidos como dificuldades persistentes em habilidades acadêmicas básicas - leitura, escrita ou cálculos matemáticos - sem relação com deficiências sensoriais ou intelectuais.

Se não forem adequadamente diagnosticados e tratados, os Transtornos de Aprendizagem na vida adulta podem gerar problemas como baixo rendimento e abandono acadêmico, baixa autoestima, depressão e dificuldades para encontrar ou manter um emprego.

Em algum momento, todas as pessoas podem ter dificuldade para memorizar um pedido do chefe ou mesmo de compreender o sentido de um determinado texto no trabalho ou na faculdade. Isso pode estar relacionado a desatenção casual, falta de conhecimentos específicos ou simplesmente por causa da agitação de um dia repleto de atividades.

No entanto, quando tais problemas são frequentes, é preciso ficar atento, pois podem estar relacionados a Transtornos de Aprendizagem na vida adulta.

DISLEXIA


Entre eles, estão graus mais leves e menos perceptíveis de distúrbios neurológicos não diagnosticados na infância, como a dislexia.

Presente em cerca de 15% da população brasileira, a dislexia consiste em um transtorno congênito e hereditário da decodificação da linguagem que compromete a capacidade de ler e escrever corretamente.

Em maior ou menor grau, pessoas com dislexia não conseguem associar fonemas às letras que os representam na escrita. Nos casos em que ela se manifesta de maneira mais sútil, pode não ser identificada na fase escolar.

Sendo assim, passa a gerar dificuldades na vida adulta, já que interfere na leitura e interpretação correta de documentos, livros e apostilas por exemplo.

SINAIS


Para identificar dislexia desse tipo entre os adultos, o primeiro passo é ficar atento a sinais como dificuldade para compreender a leitura, o que geralmente faz com que o indivíduo precise reler várias vezes um mesmo texto.

Além disso, pessoas disléxicas costumam cometer erros ortográficos enquanto escrevem, tais como troca, inversão, omissão ou acréscimo de letras e sílabas. Esse tipo de Transtorno de Aprendizagem na vida adulta também afeta noções de tempo e espaço.

DIAGNÓSTICO


Diante da presença de algum desses sintomas, o procedimento para o diagnóstico da dislexia em adultos é o mesmo aplicado às crianças. Ou seja, o indivíduo é encaminhado para a avaliação de uma equipe multidisciplinar composta por médicos, neuropsicólogos, psicopedagogos, fonoaudiólogos e neurologistas.

Nesse caso, são utilizados testes para analisar o nível de leitura, vocabulário e habilidades específicas, como memória, atenção e velocidade de processamento. O objetivo é a certificação de que o paciente realmente apresenta dislexia e não problemas de alfabetização, deficiências visuais e auditivas ou algum tipo de transtorno emocional ou psicológico.

Como a dislexia não tem cura, o tratamento consiste em um esforço conjunto para criar adaptações pedagógicas que ajudem o paciente a superar, na medida do possível, os comprometimentos que apresenta em sua capacidade de ler, escrever ou de fazer cálculos matemáticos.

DÉFICIT DE ATENÇÃO


Embora não se enquadre entre os Transtornos de Aprendizagem na vida adulta, outra condição que pode ter um grande impacto na funcionalidade do indivíduo a depender de sua evolução clínica é o Transtorno do Déficit de Atenção com Hiperatividade (TDAH), caracterizado por um padrão crônico de desatenção, hiperatividade e impulsividade.

Isso porque muitas crianças com TDAH deixam de ter sintomas quando adultas, mas continuam a carregar consigo várias limitações que interferem no âmbito pessoal, acadêmico e profissional.

Várias pessoas crescem com o problema e nem ficam sabendo que a dificuldade que têm de se concentrar é, na verdade, um distúrbio que pode ser tratado e controlado com auxílio medicamentoso e/ou psicoterapêutico.

Entre os sinais mais frequentes do TDAH em adultos, estão atrasos frequentes em compromissos de trabalho, desorganização, oscilação abrupta de humor, dificuldade de se expressar, repetição de palavras com frequência e problemas ao dirigir.

Crianças com TDAH costumam contar com o auxílio dos pais para conseguirem cumprir horários, organizar as tarefas diárias, marcar consultas médicas e se relacionar com as outras pessoas. Já para os adultos que têm o distúrbio, tudo fica mais difícil.

E caso eles não consigam ajuda em algum desses aspectos, podem desenvolver diversos problemas que prejudicam o seu rendimento não só nos estudos e no trabalho, mas também nos seus relacionamentos afetivos.

Por isso, ao mínimo sinal de sintomas como esses, é importante que a pessoa procure a ajuda de médicos e psicólogos.

DEPRESSÃO


Outra condição que não se enquadra entre os Transtornos de Aprendizagem na vida adulta, mas que pode contribuir para os déficits cognitivos é a depressão.

Caracterizada por humor depressivo associado a sentimentos de tristeza, amargura, falta de esperança, baixa autoestima ou culpa, a depressão é um transtorno psiquiátrico crônico e recorrente em diferentes fases da vida.

Entre os diversos prejuízos causados por ela, estão déficits cognitivos que a aproximam, até mesmo, de quadros demenciais. Uma pessoa com depressão também tem dificuldade para se concentrar e decodificar informações mais complexas. Por isso, merece atenção inclusive por esse aspecto.

De maneira geral, o auxílio de médicos e psicólogos pode contribuir não só com o desempenho intelectual e profissional de adultos com depressão, dislexia ou TDAH, mas com a melhora do humor e, consequentemente, do bem-estar dessas pessoas.

Outras do Blog

Tags

Psicopedagogia, Transtornos de Aprendizagem, Psicoterapia, Autoestima, Dislexia, Défcit de atenção, Depressão.

Mais

Vistos

Saiba antes de promoções e lançamentos

8º Turma: Especialização em Avaliação Psicológica - Transmissão ao Vivo

de 26/01/2021 até 22/03/2022 - Online

Ler mais Outros Eventos

51 3066.3690

Horário de atendimento:
De Seg a Sex das 8h30 às 18h,
sem fechar ao meio dia (Exceto em feriados).

copyright © 2020 Sinopsys Editora. Todos os direitos reservados