Semelhanças e diferenças entre a Terapia Cognitiva de Beck e outras abordagens - Sinopsys Editora

0
Semelhanças e diferenças entre a Terapia Cognitiva de Beck e outras abordagens

Semelhanças e diferenças entre a Terapia Cognitiva de Beck e outras abordagens

16 de Junho de 2021

A Terapia Cognitiva de Beck é uma das tantas abordagens da Psicologia, assim como a Psicanálise, a Psicologia Junguiana, a Psicologia Comportamental (Behaviorismo) e a Terapia Humanista. Em seu centro, no entanto, se encontram as cognições, partindo do princípio de que a maneira como as pessoas pensam determina o modo como se sentem, se comportam e suas reações corporais.

Para os adeptos da Terapia Cognitiva de Beck, portanto, os pensamentos estão intimamente relacionados a como as pessoas vivem e aos sofrimentos emocionais que elas têm. Por isso, o terapeuta que segue essa linha não foca apenas na modificação de comportamentos, mas de padrões de pensamento que estão na origem deles.

Tal abordagem trouxe a visão de que, em vez de se tratar os sintomas dos pacientes, devem ser tratados os pensamentos distorcidos. Ela evita que o indivíduo fique revivendo traumas passados e problemas na infância, mas faz com que ele entenda como o seu passado afeta seus pensamentos e atitudes.

APRENDIZAGENS

A Terapia Cognitiva de Beck diverge da Psicanálise, por exemplo, por considerar que o ser humano é um resultado de aprendizagens. De forma clara e direta, funciona transformando o padrão de pensamentos negativos em pensamentos mais saudáveis, que resultam em comportamentos positivos.

Não há necessidade de a pessoa descobrir por qual motivo aquele padrão de pensamento negativo existe. Em vez disso, a abordagem ensina a reconhecer e entender o processo cognitivo, impedindo que esses pensamentos se formem.

Diante dos padrões disfuncionais de pensamentos, uma das tarefas do terapeuta cognitivo é auxiliar o paciente a encontrar novas possibilidades de pensamentos alternativos funcionais. Isso é feito a partir da determinação de um foco e de metas para que, com o tempo, o indivíduo adquira sua autonomia.

LIVRO


Em seu livro `Terapia Cognitiva de Beck’, o psicoterapeuta cognitivo Frank Wills, orientador e docente da Universidade de Bristol e preceptor da Universidade de Wales, no Reino Unido, explora as principais contribuições do psiquiatra norte-americano Aaron Beck para o desenvolvimento da Terapia Cognitivo-Comportamental (TCC).


Publicada este ano pela Sinopsys Editora, a obra considera a teoria e a prática da Terapia Cognitiva de Beck e examina, em primeiro lugar, sua contribuição para a compreensão das psicopatologias e, em seguida, explora suas sugestões sobre os melhores métodos de tratamento.

No decorrer do livro, o autor pontua em que difere o pensamento de Beck de outras abordagens da TCC, bem como apresenta um resumo das semelhanças e das diferenças entre seu método e outras formas de tratamento, incluindo a Psicanálise e a Terapia Humanista.

A obra faz parte da série Características Distintivas, que convida os mais importantes clínicos e teóricos das principais terapias entre as TCCs a destacarem as características fundamentais e distintivas das abordagens que utilizam. Tem como público-alvo iniciantes na área, psiquiatras, psicólogos, assistentes sociais, psicoterapeutas e outros profissionais que desejam um guia sucinto.
Outras do Blog

Tags

Terapia Cognitivo-Comportamental, TCC, Psicoeducação

Mais

Vistos

Saiba antes

de promoções

e lançamentos



Cursos

e Eventos

Evento Sergipano sobre TDAH

de 24/02/2024 até 24/02/2024 - Hotel Arcus - Aracaju

Ler mais Outros Eventos

Atendimento personalizado disponível de segunda a sábado das 8h às 18h(exceto feriados).

Este site usa cookies

Nós armazenamos dados temporariamente para melhorar a sua experiência de navegação e recomendar conteúdo de seu interesse.
Ao utilizar nossos serviços, você concorda com nossos termos e condições.
     
Item adicionado ao seu carrinho, o que deseja fazer agora?
Sinopsys Editora e Sistemas Eireli CNPJ: 10.740.484/0001-69